Manejo de Banco de Dados - aeneto/Scripts_SQL Wiki

Criação de Banco de Dados

1. Acessar o banco padrão Postgres:

Parâmetro -U [user] determina o usuário que será usado na conexão com o Banco de Dados

2. Criar o banco com o script:

Parâmetro -E [enconding] define a codificação de caracteres para o banco a ser criado Parâmetro -T [template] seleciona o template que contém as predefinições para o banco

3. Criar extensão Postgis:

Criação e restauração de DUMP:

1. Criação de DUMP para banco inteiro:

Parâmetro -h [host] determina o endereço IP da máquina onde será criado o DUMP

Parâmetro -p [port] determina a porta de comunicação que será usada pra conexão com o host

Parâmetro -U [user] determina o usuário que será usado na conexão com o Banco de Dados

Parâmetro -f [file] determina o nome do arquivo e o caminho do diretório onde ele será salvo

Parâmetro -F [format] determina o formato do arquivo de backup (p [plain], c [custom] são os mais usados)

Parâmetro -v [verbose] exibe na tela a saída detalhada e o progresso do DUMP

2. Criação de DUMP para tabelas específicas:

Mesmos parâmetros da criação de DUMP para banco inteiro, acrescido de:

Parâmetro -t [table] define a tabela referenciada pelo schema para extrair no DUMP, juntamente com os dados contidos

3. Criação de DUMP apenas para dados:

Mesmos parâmetros da criação de DUMP para tabelas específicas, acrescido de:

Parâmetro -a [data only] extrai apenas os dados da tabela especificada

4. Criação de DUMP para schemas específicos:

Mesmos parâmetros da criação de DUMP apenas para dados, com excessão do -t e acrescido de:

Parâmetro -n [schema] especifica o schema a ser exportado do DUMP, juntamente com os dados contidos

5. Criação de DUMP apenas de estrutura:

Mesmos parâmetros da criação de DUMP para schemas específicos acrescido de:

Parâmetro -s [schema only] especifica o schema a ser exportado do DUMP, sem os dados contidos em suas tabelas

6. Restauração de DUMP:

Parâmetro -h [host] determina o endereço IP da máquina onde será feito o restore

Parâmetro -p [port] determina a porta de comunicação que será usada pra conexão com o host

Parâmetro -U [user] determina o usuário que será usado na conexão com o Banco de Dados

Parâmetro -v [verbose] exibe na tela a saída detalhada e o progresso do restore

Parâmetro -d [dbname] informe o nome do bando de dados já existente onde o DUMP será restaurado